Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

A Salsa

A salsa é uma planta da família das Umbelíferas, seu nome científico é Petroselinum Sativum. Trata-se de uma planta cuja raíz principal é carnuda e profundante. É um vegetal de  fácil plantio, não exige muito trabalho, somente a  adubação orgânica e a semeadura, podendo  ser cultivado em qualquer pedaço de terra. Requer irrigação frequentemente,  chegando  a atingir  de  15 cm  a 60 cm de altura. Possui talos floríferos, com pequenas flores amareladas.

A salsa  é uma erva aromática muito apreciada em todo o mundo. Na culinária é utilizada tanto para temperar, dando bom sabor  à comida, como para decorar pratos, além de enriquecê-los com suas vitaminas.

A salsa, seus nutrientes e as calorias

Existem muitas variedades de salsa e todas são muito ricas em vitaminas e sais minerais, sendo por isso uma espécie de planta tão benéfica  para nós. Ela contém sete vezes mais vitamina A do que a cenoura e é mais nutritiva do que diversas outras verduras.

A salsa é rica em vitaminas A, B1, B2, C e D, isto se consumida crua, já que o seu cozimento elimina parte dos seus componentes vitamínicos. Os sais minerais encontrados são cálcio, potássio, fósforo, enxofre, magnésio e ferro e é também rica em flavonóides que se destacam pelas suas propriedades antioxidantes que ajudam a retardar o envelhecimento das células.

Cada 100 gramas de salsa contém cerca de 43 kcal.

Os benefícios proporcionados pela salsa

  • Evita formação de pedras nos rins;
  • Estimulante e diurético;
  • Funciona como  calmante;
  • Alivia o mau hálito;
  • Ajuda a combater a  hemorragia nasal;
  • Ajuda  na digestão;
  • Indicada para aliviar dores e irritações de picadas de insetos;
  • Indicada nos casos de retenção de líquidos e distúrbios mestruais;
  • Promove o enriquecimento da pele;
  • Indicado no tratamento de inflamações das vias urinárias;
  • Combate a formação de gases e a fermentação intestinal;
  • Previne contra o câncer, devido à alta concentração de antioxidantes (monoterpenos, fitalidos e poliacetilenos);
  • Ajuda a curar a rouquidão;
  • Purifica o sangue;
  • Boa para inflamação dos olhos;
  • Trata acne juvenil e clareia sardas;
  • Funciona como expectorante;
  • Bom para asma e catarros pulmonares;
  • Auxilia no tratamento de hipertensão.

Curiosidades sobre a salsa

  • Esfregar salsa picada nas mãos, ajuda a eliminar o cheiro do alho;
  • A salsa pode ser encontrada fresca ou seca (desidratada), embora quando seca perca seu aroma;
  • O uso contínuo pode reduzir a produção de leite materno;
  • A salsa pode ser cultivada próximo de roseiras para as ajudar a crescer com saúde e aroma.

Utilização na culinária

  • Preparo de molhos;
  • Para temperar carnes, aves e peixes;
  • Sopas;
  • Tomates;
  • Omeletes;
  • Na manteiga temperada;
  • Em recheios de canapés, etc.

O período de safra da salsa é de maio a fevereiro. Para fazer seu armazenamento basta que lave-a bem e coloque-a em uma vasilha fechada ou em sacos para alimentos e guarde na geladeira por no máximo uma semana.