Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Televisão e consumo alimentar

Durante décadas vários estudos científicos foram realizados para verificar se havia alguma relação entre ficar por muito tempo assistindo televisão, com o consumo  alimentar que a população apresentava. A hipótese inicialmente levantada era de que as pessoas que levavam uma vida mais sedentária preferindo ficar em frente a um aparelho de TV vendo toda  a programação, ao  invés de praticarem atividades físicas, consumiam mais alimentos, sendo portanto indivíduos que apresentavam um índice de obesidade maior em relação aos que não assistiam televisão. Neste artigo discutiremos se existe realmente tal relação e como ela ocorre.

Estudos científicos realizados

Várias pesquisas foram realizadas sobre a influência do hábito de assistir televisão com o consumo alimentar dos indivíduos. Em um total de oito estudos científicos realizados no Brasil, seis entre eles observaram que havia uma relação entre o tempo gasto em frente a um aparelho de televisão, com o hábito de praticar atividades físicas e o índice de obesidade que as pessoas tanto de um quanto de outro grupo apresentavam.

Seis estudos realizados em outros países com o mesmo tipo de investigação observaram que havia uma relação significativa  entre o que as pessoas consumiam e o tempo gasto assistindo televisão, constatando que o grupo mais afetado era o de jovens e crianças que tendiam a passar a maior parte do tempo diante da TV consumindo alimentos muito doces, com alto teor de sal ou então bastante gordurosos, além de bebidas muito calóricas, ao invés de ingerirem os alimentos considerados mais saudáveis como vegetais, frutas e legumes.

Estes estudos científicos concluíram então que um tempo excessivo despendido diante do aparelho de televisão, associado à redução ou ausência de prática de atividades físicas, além de um comportamento alimentar inadequado como o consumo de alimentos de alto valor calórico e baixo teor nutritivo levava os indivíduos principalmente os adolescentes e as crianças, a desenvolverem a curto e médio prazo o problema da obesidade.

Atuação dos pais X assistir televisão

As diversas pesquisas realizadas sobre a relação entre consumo alimentar e o hábito de assistir televisão regularmente, concluíram que este comportamento exerce grande influência principalmente entre jovens e crianças sobre o peso corporal que irão apresentar em suas vidas futuras. No entanto, apesar das evidências cientificas destes estudos, centenas de pessoas, a maioria composta por  adolescentes continuam com o mesmo padrão comportamental, passando boa parte de seus períodos de lazer durante o dia assentindo aos programas de televisão e se alimentando de produtos doces, salgados ou gordurosos, ao invés de praticarem atividades físicas e se alimentarem de uma maneira adequada com  uma dieta balanceada por frutas e legumes.

No entanto, muitos especialistas na área se questionam sobre a atuação dos pais em todo este processo. Afinal os responsáveis são os primeiros educadores das crianças, e por isso têm um papel fundamental em seus hábitos e comportamentos desenvolvidos  ao longo do tempo. Alguns profissionais tem  a opinião de que muito maior do que a influencia que a televisão possa ter sobre o tempo ocioso que os jovens permanecem em frente dela, deve ser a educação que os pais devem dar aos filhos com o objetivo de transformá-los em adultos fortes e saudáveis. E isso só é possível quando desde a infância, o indivíduo é orientado por seus pais a praticarem atividades físicas , evitando o sedentarismo de ficar longos períodos diante de uma TV, se alimentando de comidas que não farão bem ao seu organismo.

Por isso, para muitos educadores e profissionais da área de nutrição, o papel dos pais é fundamental para que seus filhos possam crescer de maneira saudável e com uma melhor qualidade de vida. Isso não quer dizer que assistir programas de televisão seja algo que traga algum tipo de risco a saúde dos indivíduos. A questão é o longo período que os jovens passam assistindo televisão e o que consomem durante todo este tempo.

Considerações finais

A conclusão que as pessoas chegaram é de que existe uma relação significativa entre o hábito de assistir regularmente televisão com o que os indivíduos consomem durante este período. Algumas pesquisas nacionais e também internacionais demonstraram haver uma associação entre obesidade de crianças e adolescente com o tempo dispensado em frente à televisão, em detrimento da prática de atividades físicas.

Alguns especialistas questionaram então a atuação dos pais, que são responsáveis por todo este processo, pontuando que eles têm a responsabilidade de controlar o horário entre assistir televisão, praticar exercícios e adquirir hábitos alimentares saudáveis. No entanto, quando é o próprio adulto que prefere ficar assistindo TV, ingerindo alimentos calóricos, ao invés de se socializar através da prática de atividades físicas, o ideal é que ele procure um acompanhamento psicológico para quando se tornar pai ou mãe possa orientar seu filho da maneira correta e proporcionar-lhe uma boa qualidade de vida.

Por Salete Dias