Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Hipertensão Arterial

Descrição

Hipertensão arterial trata-se da elevação da pressão que o sangue faz ao ser bombeado pelo coração dentro das artérias, exercendo assim uma tensão sobre as paredes desses vasos, tensão esta que chamamos de pressão arterial.

Antes de mais nada, deve-se compreender que é comum que, ao longo do dia, a nossa pressão arterial varie, pois ela dependerá muito da atividade que estamos exercendo – se você estiverem repouso, sua pressão arterial será menor do que quando praticando esportes, por exemplo.

Entretanto, em indivíduos com hipertensão, a pressão arterial pode elevar-se para valores acima dos limites normais (140/90mHg). Sob essas condições, tal elevação pode implicar em diversos problemas de saúde, como lesões em órgãos e/ou nos vasos sangüíneos. Cérebro, coração, rins e olhos são alguns dos que mais podem ser afetados.

Por ser uma doença muitas vezes “silenciosa”, isto é, onde os sintomas não aparecem, a hipertensão torna-se perigosa, exigindo assim um cuidado redobrado.

Causas

Abaixo, são enumeradas as principais causas de hipertensão arterial (elas não estão enumeradas em ordem de importância para o problema!):

  • Idade – Quanto maior a idade, maior o risco de hipertensão arterial;
  • Características genéticas – já foi diagnosticado que pessoas afro-descendentes são mais propensas à hipertensão do que aquelas com outras origens. Além disso, Pessoas que possuam um histórico familiar com tal problema possuem maiores changes de serem também hipertensas;
  • O indivíduo em questão é obeso, diabético ou leva uma vida sedentária;
  • Abuso de álcool e/ou cigarro;
  • Ingestão excessiva de sal, uma vez que leva à retenção de líquidos e, conseqüentemente, dilatação dos vasos;
  • Problemas nos rins também podem agravar a situação, uma vez que estes regulam a quantidade de líquidos por meio da excreção urinária;
  • Disfunções hormonais, bem como o consumo indiscriminado de certos medicamentos (anticoncepcionais, por exemplo), também contruibuem com o problema;
  • O estresse também pode levar ao aumento da pressão arterial.

Sintomas e Conseqüências

Os sintomas, quando aparecem, geralmente são comuns aos de outras doenças, o que pode dificultar o diagnóstico do problema. Alguns dos sintomas são:

  • Dores de cabeça e tontura;
  • Cansaço, enjôos e falta de ar;
  • Sangramentos nasais;

Se não tratada, o prolongamento da hipertensão arterial pode levar a graves problemas (que podem culminar com a morte) como:

  • Obstrução das artérias ou mesmo aneurisma da aorta, podendo levar a um infarto;
  • Cardiopatia isquêmica (angina), insuficiência cardíaca, aumento do coração;
  • Acidente Vascular Cerebral (conhecido como AVC);
  • Insuficiência Renal, nefroesclerose (endurecimento do rim);
  • Redução da visão e problemas na retina.

Prevenção e Tratamento

Para diagnosticar o problema, a melhor alternativa é a aferição de sua pressão arterial e, para isso, procure um profissional da área de saúde mais próximo de onde você mora. É interessante que isso seja feito não somente uma única vez, mas periodicamente, para evitar “surpresas”.

Se você já foi diagnosticado como hipertenso, não se desespere: ainda há solução. 🙂 Procure um médico e busque seguir suas orientações, além de tomar algumas medidas úteis tanto para quem precisa controlar a hipertensão arterial, quanto para quem quer evitá-la:

  • Evite o consumo de álcool ou de fumo;
  • Mantenha o seu peso dentro da faixa ideal;
  • Evite frituras e outros alimentos gordurosos – eles podem aumentar a concentração de colesterol ruim em seu corpo;
  • Reduza a quantidade de sal nos alimentos – quanto maior a concentração salina em nosso sangue, maior será a quantidade de água que participará da corrente sangüínea a fim de equilibrar a concentraçao daqueles;
  • Busque aferir periodicamente sua pressão arterial;
  • Pratique exercícios (preferivelmente, sob orientação médica);
  • Busque “fugir do estresse” – uma vida alegre e saudável refletirá um corpo saudável. 🙂

Referências Bibliográficas

ABC DA SAÚDE, Hipertensão Arterial – Introdução, disponível em http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?244

EMEDIX, Hipertensão Arterial, disponível em http://www.emedix.com.br/doe/car001_1f_hipertensao.php

NUTRIMAIS, Hipertensão Arterial, disponível em http://www.nutrimais.com/nutri/patol/ha.asp

WIKIPEDIA, Hipertensão Arterial, disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Hipertens%C3%A3o_arterial