Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Alimentação saudável e qualidade de vida

A alimentação saudável e qualidade de vida de vida são duas vertentes que se encontram intimamente relacionadas, pois quando o indivíduo apresenta uma alimentação saudável, ele consequentemente poderá ter uma boa qualidade de vida. Muito se tem discutido sobre o que seria realmente uma alimentação saudável, visto que a cada dia mais, as pessoas obtêm importantes informações sobre nutrição, no entanto tornam-se cada vez mais obesas.

Uma alimentação saudável deve partir do princípio de realizar escolhas alimentares corretas e que possam trazer algum benefício a saúde do consumidor, frente a uma vasta lista de produtos alimentícios que são considerados funcionais. Claro que é importante ressaltar que boas escolhas alimentares devem ser incentivadas ainda na infância, pois quando o indivíduo cresce rodeado de influências alimentares saudáveis dificilmente ele irá aderir a um caminho diferente na vida adulta.

Alimentação saudável

Uma alimentação saudável é aquela que contempla nutrientes como vitaminas, minerais, fibras, carboidratos, lipídios e proteínas nas quantidades que atendam as necessidades do organismo. Sendo assim, dietas que restringem determinados grupos alimentares, sem a presença de uma causa patológica, está longe de ser uma dieta saudável. O desafio maior na dieta de uma pessoa é obter todos esses nutrientes através de uma alimentação sem excessos e que atenda as recomendações nutricionais.

Os carboidratos são a principal fonte de energia utiliza pelo nosso organismo. O cérebro, órgão com função vital, utiliza prioritariamente glicose produzida pelo metabolismo dos carboidratos como fonte de energia, além disso a glicose proveniente dos carboidratos é essencial para que outros macronutrientes possam ser metabolizados. Dessa forma uma dieta deficiente em carboidratos é prejudicial na metabolização de outros compostos bem como compromete a homeostase da glicose na corrente sanguínea.

As proteínas são essenciais na formação de novos aminoácidos bem como na recuperação muscular, além disso elas são nutrientes que não podem ser estocados por isso cresce ainda mais a responsabilidade de consumi-las diariamente. As proteínas são os nutrientes que mais queimam calorias para serem absorvidas além de garantirem uma saciedade prolongada ao indivíduo, por isso muitas pessoas adotam as chamadas “dietas da proteína”, entretanto como vimos todos os nutrientes são considerados importantes em uma dieta saudável.

Lipídios – Os lipídios são importantes no transporte de vitaminas lipossolúveis que necessitam desse nutriente para serem transportadas, auxiliam na síntese de hormônios, além disso os ácidos graxos essenciais são extremamente importantes para a saúde do indivíduo e devem ser obtidos por meio da alimentação. Quando o indivíduo consome uma pequena quantidade ou exclui os lipídios da dieta, as funções desempenhadas por ele podem ficar comprometidas.

Fibras – As fibras são substâncias que podem ser encontradas em alimentos integrais, frutas e vegetais. Apesar de não serem digeridas pelo organismo, as fibras promovem muitos benefícios ao indivíduo, pois reduzem a absorção do açúcar e da gordura, além de favorecerem um melhor funcionamento intestinal combatendo a constipação.

Vitaminas e minerais – Esses nutrientes estão presentes em pequenas quantidades em uma variedade de alimentos, por isso muitas pessoas acham que não devem se preocupar com a ingestão dessas substâncias, pois adquirem as mesmas através da ingestão habitual. No entanto, vale ressaltar que para obter os diversos tipos de vitaminas e minerais é necessário variar e aumentar o consumo de alimentos como frutas, verduras e legumes.

Qualidade de vida

Uma boa qualidade de vida pode ser obtida através de uma alimentação saudável aliada a prática de atividades físicas. Além disso alguns hábitos muito comuns em nossa sociedade devem ser evitados, são eles: o tabagismo, o consumo frequente e em excesso de bebidas alcoólicas e a ausência da realização de check-up anuais com médicos especializados. As mulheres ainda são mais adeptas a realizar exames médicos anuais, entretanto os homens costumam procurar um auxílio médico somente quando estão com algum problema de saúde.

Outro aspecto que deve ser considerado na busca por uma boa qualidade de vida é a preocupação em manter o estado mental em equilíbrio. Hoje em dia é muito comum o aparecimento de problemas como depressão, síndrome do pânico, esquizofrenia entre outros distúrbios que podem ser solucionados com um tratamento psicológico que evita a gravidade do problema.

Considerações finais

Como foi dito no início do artigo, a alimentação saudável e qualidade de vida são duas vertentes interligadas, pois não adianta o indivíduo alimentar-se de uma forma saudável e consumir bebidas alcoólicas em excesso, fumar, não praticar atividades físicas; enfim,  uma coisa depende da outra, portanto apesar de ser algo complexo, quando o indivíduo consegue aliar uma alimentação saudável com uma boa qualidade de vida, ele certamente terá uma maior e melhor expectativa de vida.