Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite o nutriente, alimento, doença ou assunto que deseja saber:

Uma colher de açúcar levará seu filho ao sobrepeso?

A obesidade infantil está em ascensão. De acordo com uma pesquisa recente da entidade americana Exame Nacional de Saúde e Nutrição (NHANES), quase um terço das crianças americanas pode ser descrito como em excesso de peso – um aumento de quase 20 por cento a partir de um estudo de uma década atrás. Felizmente, há muito que os pais podem fazer para evitar que seus filhos tornem-se obesos.



Enquanto muitas pessoas associam que a única forma de conseguir alimentos doces é por meio da introdução do açúcar branco, chamado de sacarose, este é apenas um tipo de açúcar. Há também o açúcar presente em frutas, chamado frutose, e muitos alimentos contêm outros tipos de açúcares tais como xarope de milho e mel. Apesar de todos os açúcares serem carboidratos e após a digestão viajarem através da corrente sanguínea, onde serão usados como combustível para o corpo, açúcares presentes em frutas geralmente são menos nocivos ao nosso organismo do que o açúcar refinado (branco).



Para aqueles lutando contra o problema do peso, os adoçantes, substitutos do açúcar, apresentam baixas calorias, fornecendo sabor com um impacto menor. Entretanto, mesmo os adoçantes não podem ser abusados, pois se consumidos em excesso podem desencadear o efeito inverso, podendo assim contribuir para o desenvolvimento do sobrepeso!



E quando se trata de combater o sobrepeso na vida das crianças, limitar a ingestão de alimentos açucarados, que contribuem frequentemente com poucos nutrientes à dieta, pode ser um passo positivo na diminuição do número de crianças que estão com sobrepeso. Muitos especialistas em saúde sugerem usar um adoçante como aspartame para substituir outros tipos de açúcares presentes em algumas das comidas favoritas do seu filho. Mas vale ressaltar aqui, mais uma vez, que o consumo de adoçantes também deve ser moderado.



E como lanches são uma parte essencial da dieta de qualquer criança, é importante saber como lidar com o preparo dos mesmos. O desafio é fazer para as crianças lanche menos com menos açúcares mais alimentos ricos em nutrientes saudáveis, presentes principalmente na base da pirâmide alimentar. Biscoitos sem recheio, sucos caseiros (e não aqueles industrializados, riquíssimos em açúcar) e frutas devem fazer-se presente na lancheira de seu filho diariamente, além de um copo para que o mesmo possa beber bastante água na escola, contribuindo para a sua hidratação e melhorando a digestão.



Especialistas em nutrição concordam que alimentos doces podem fazer parte de uma dieta saudável. A chave é a moderação para garantir que a quantidade de açúcar ingerida não ultrapasse os limites aceitáveis.